Você é o visitante número:

quinta-feira, 24 de março de 2011

A ALFABETIZAÇÃO TRICOTERÁPICA

Em todas as profissões, ninguém pode exercitá-las sem o aprendizado, isto é, sem se alfabetizar ou buscar conhecimento básico e necessário. A Alfabetização Tricoterápica também se cerca destes elementos, que são ministrados, no primeiro ciclo do ensino fundamental de Tricoterapia, com aulas via Internet e também presencial, sendo requisitos indispensáveis para o candidato ingressar no ciclo seguinte. Mesmo existindo alguém possuidor de graduações e/ou doutorado em outras áreas, que esteja interessado em se habilitar como tricoterapeuta, submeter-se-á ao processo da Alfabetização Tricoterápica.
A Alfabetização na área de Tricoterapia se propõe ao ensino e aprendizagem de terminologias utilizadas por tricoterapeutas, com as quais o aluno se capacita a fazer a leitura dos termos gramaticais e interpretá-los, de forma correta e eficaz, apropriando-se dos mesmos para a construção do seu vocabulário necessário e ter domínio de linguagem, e diálogo com a clientela e também com outros profissionais da área. Este começo assegura a capacidade de inspirar confiança profissional.
É nesta etapa que se inicia o processo de tomada de consciência da proposta da Tricologia, do que são verdades, como mudar conceitos erroneamente assimilados e ainda a operar rupturas com informações recebidas anteriormente. Este é o primeiro desafio para o aluno de Tricoterapia, porque tem de apostar no novo conteúdo que está recebendo e se convencer de que a busca pelo conhecimento deve ser constante para um bom desempenho de sua carreira profissional, como revela a profª Maísa: “é o caminho para o novo perfil do aluno de Tricoterapia que, para tal, precisa voltar a estudar”.
Prepara o Tricoterapeuta para o exercício de uma consciência cidadã como formador de opinião, levando informações corretas às pessoas no que se refere à mudança de conceitos e ainda orientando quanto aos cuidados básicos dos fios de cabelo e do couro cabeludo e também ampliando sua atuação em todas as instituições sociais, podendo criar e/ou aproveitar oportunidade de apresentar críticas e discussões sobre os requisitos da saúde capilar.
Nesta etapa de Alfabetização Tricoterápica são conhecidos os fundamentos da Tricoterapia e sua importância em todo o processo Tricoterápico. (Blog. EHC).
Concluída a alfabetização tricoterápica, o aluno sente-se perfeitamente alfabetizado e continua seus estudos obtendo novas teorias e também práticas tricoterápicas nas aulas presenciais e também nos estágios.
Lídia Marques - Tricoterapeuta

20 comentários:

  1. a alfabetização e mesmo muita importante pois nos possibilita a falar a lingagen da tricoterapia ,nos ensinsa a compor perante as situação de confitro ,da à sabedoria de saber o comportamento do individuo a presente .

    ResponderExcluir
  2. Durante a alfabetizacao podemos aprender varios termos utilizados por tricoterapeutas e comecamos a poder entender melhor o que é necessario para termos cabelos saudaveis.

    ResponderExcluir
  3. Lido. vou ter que aprender muito com você. ILze

    ResponderExcluir
  4. Cara Lídia,
    Alfabetização Tricoterápica, está sendo um universo que sempre busquei. Como imaginava, trata-se de um conhecimento fundamental ao profissional que busca se especializar nas ciências que tratam as tricoses capilares.
    Sucesso! Marcos Luna.

    ResponderExcluir
  5. É o primeiro passo para o profissional conhecer o caminho que tem a seguir.

    ResponderExcluir
  6. A alfabetização e muito importante pois e nos primeiros passos da profissão que adquirimos o vocabulário a ser usado, e onde firmamos as bases solidas de conhecimento teórico para uma profissão de sucesso.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. Muito interessante, quanta coisa que eu não tinha conhecimento.
    abraço

    ResponderExcluir
  8. Não adianta você ter uma profissão se você não conhece o ba-ba da coisa, quando você começa estudar não é o a b c que você aprende primeiro na tricoterapia é a mesma coisa primeiro voce tem que se alfabetizar primeiro.Ilzenê

    ResponderExcluir
  9. A alfabetização tricoterápica é os primeiro passos para entender a tricoperapia.
    Clenia.

    ResponderExcluir
  10. Primeiro passo é onde o aluno irá aprender a utilizar o vocabulário tricoterápico de forma correta e eficaz.

    Daniela

    ResponderExcluir
  11. Esse é o passo onde a pessoa conhece realmente a tricoterapia e pode ficar segura para decidir se realmente essa é a profissão que irá seguir. Eu particularmente amei.

    ResponderExcluir
  12. Temos sempre que passar pela base. precisamos conhecer as patologias termos técnicos.

    ResponderExcluir
  13. Avanir Estéticista30 de abril de 2011 11:47

    A alfabetizaçao é a base do curso, precisamos ter um bom conhecimento.

    ResponderExcluir
  14. A alfabetizacao,e a base pra todo nosso estudo de Tricoterapia pois ,as termologias sao infaliveis para nosso caminhar.
    Cris Targino.

    ResponderExcluir
  15. Na alfabetização, aprendemos leitura e interpretação dos termos tecnicos do Tricoterapeuta.
    Neide.

    ResponderExcluir
  16. Participar da alfabetização tricoterápica é extremamente importante para começarmos a compreender os conhecimentos mais aprofundados sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  17. Alfabetização Tricoterapica, é a base para seguirmos com segurança esse curso maravilhoso, que a cada ciculo aprendemos muito.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Alfabetização tricoterapica é a iniciação para um longo aprendizado da tricoterapia. Silvia.

    ResponderExcluir
  20. 22 de octubro 2013.Esta primera etapa de alfabetização é muito importante porque aprendemos a falar professionalmente e asi damos mais credivilidad a nossos clientes.

    ResponderExcluir